Sessão Solene sobre avanços, retrocessos e desafios na luta contra a aids marca 1º de Dezembro, na Câmara federal

0
506
Visualizações

Vivenciamos momentos delicados no enfrentamento à epidemia da Aids. Um novo caso a cada 15 minutos, 34 mortes por dia, a possibilidade real do corte do recurso específico para ações de prevenção e assistência, retrocessos neste problema de saúde pública onde em tempos distantes já fomos considerados referência mundial.

O presidente do Fórum de ONG/Aids de São Paulo, Rodrigo Pinheiro, fez um rápido histórico das ações de advocacy desenvolvidas neste ano, destacando a aprovação da Lei que cria o Dezembro Vermelho e a retirada do projeto que criminaliza a transmissão do HIV.” Mas ainda existem dois projetos de teor semelhantes tramitando nesta casa, que precisam de atenção e mobilização”, alertou.

Também chamou a atenção para o crescimento dos casos de sífilis e a necessidade do Brasil investir na fabricação da penicilina, a fim de escapar da dependência externa e sugeriu a elaboração de um projeto nacional sobre educação sexual nas escolas, semelhante ao apresentado na Assembleia Legislativa de São Paulo.