Relações com os outros

0
21
Visualizações

 “Fizemos uma lista de todas as pessoas que tínhamos  prejudicado e dispusemo-nos a fazer reparações .

  A “todas elas.”

Todos os seres humanos se debatem com o egocentrismo. O egocentrismo crônico, que reside na essência da adição, torna esse esforço duplamente difícil para pessoas como nós. Muitos de nós temos vivido como se fôssemos as últimas pessoas na terra, completamente cegos para o efeito que nosso comportamento tem para aqueles a nosso redor. 

O Oitavo Passo é o processo que nosso programa tem nos dado para examinar honestamente nossas relações passadas. damos uma olhada no que escrevemos em nosso quarto passo, para identificar os efeitos que nossas ações tiveram nas pessoas em nossas vidas. Quando reconhecemos o prejuízo que causamos a essas pessoas, nos prontificamos a nos responsabilizar por nossas ações, fazendo reparações a elas.

 A variedade de pessoas que encontramos em nosso dia a dia, de muitas maneiras a qualidade de nossas vidas. Amor, humor, entusiasmo, interesse-as coisa que fazem a vida valer a pena decorrem do fato de ser partilhadas com os outros. Entendendo isso, queremos descobrir a natureza exata de nossas relações com outras pessoas e corrigir qualquer falha que possamos vir a encontrar nessas relações. Queremos trabalhar o Oitavo

passo.

 

Só por hoje:

Eu quero aproveitar completamente o companheirismo de meus amigos. 

Vou examinar meus relacionamentos com as pessoas em minha vida. 

Quando perceber que prejudiquei  outras pessoas, vou procurar boa vontade para fazer reparações a elas.