Passo Um!

0
104
Visualizações

Admitimos que éramos impotentes perante a nossa adicção, que nossas vidas tinham se tornado incontroláveis

O Primeiro Passo começa com “admitimos”, e há uma razão para isso. Existe uma grande força em admitir nossa impotência verbalmente. E quando vamos a uma reunião e fazemos esta admissão, ganhamos mais do que apenas força pessoal. Tornamo-nos membros, parte de um “nós” coletivo que nos permite, juntos, nos recuperar de nossa adicção. Ao nos tornamos membros de NA, recebemos uma fonte de experiência: a experiência de outros adictos que encontraram um caminho para a recuperação de sua doença. Não precisamos mais tentar resolver o enigma de nossa adicção sozinho. Quando honestamente admitimos nossa impotência perante a adicção, podemos iniciar a procura de uma maneira melhor de viver. Não estaremos buscando sozinho – estamos em boa companhia.

Só por hoje:Eu iniciarei o dia admitindo minha impotência perante a adicção. Vou lembrar-me de que o Primeiro Passo começa com “admitimos”, e saber que nunca vou precisar estar sozinho com minha doença outra vez.

Artigo anteriorEstrela Guia
Próximo artigoMÃE!
COMPARTILHAR